Fidel e Cuba. Cuba e Fidel.

Fidel diz que renunciou à liderança comunista em 2006

22 de Março de 2011, 13:52
O líder cubano Fidel Castro revelou ter renunciado à liderança comunista desde que ficou doente em Julho de 2006, num artigo publicado nesta terça-feira, três semanas antes de um congresso que vai decidir a sua substituição.
"Renunciei sem vacilar a todos meus cargos estatais e políticos, inclusive o de primeiro Secretário do Partido, quando fiquei doente e nunca tentei exercê-los depois de 31 de Julho de 2006, nem quando recuperei parcialmente minha saúde mais de um ano depois, apesar de todos continuarem a chamar-me afetuosamente dessa forma", enfatizou.
Fidel delegou, quando ficou doente em 2006, "com caráter provisório" as suas funções de presidente, primeiro secretário do Partido Comunista (PCC) e Comandante-chefe das Forças Armadas, mas em 2008 renunciou apenas a ser eleito como governante.
@AFP


A minha viagem do ano passado foi ao país deste senhor.
E foi uma viagem fantástica!

E Havana surpreendeu-me de todas as formas possíveis... pelas melhores e pelas piores... É um regime que não entendo, não consigo explicar... Tem vantagens... desvantagens... O que é certo é que muita coisa assim funciona, muitas outras são esquecidas...

Mas Havana mexe connosco!!! Ninguém lhe fica indiferente!!!!
E depois Varadero???? Praia e descanso e sol e dolce fair niente.... :)

2 comentários:

Marisa disse...

Concordo ctg Ana.O regime tem mtos defeitos,mas em Havana e Varadero senti-me + segura q em qualquer sítio em Portugal.Sem falar no acesso q os cubanos têm aos serviços básicos: saúde,educação,emprego garantido...Um país lindo,sem dúvida.

Nana disse...

Olá Marisa!
Então partilhas cmg o encanto por Cuba! Maravilhosa mesmo!!!
Com todos os defeitos e virtudes, nunca consegui criticar mesmo aquele regime. Tem muitas coisas más, entre elas a extrema pobreza em que muitos vivem... Mas tem tantas vantagens...
E aquele clima prendeu-me! Ah calorzinho bom :D